2006-12-19

A cura

O Australopitechus religiosus do último post (clique aqui) não existe. O que me intriga é por que esse post causa tanto mal-estar.

Quem é que se sente mal quando lê um post como esse? Qualquer um que identifique minimamente seu próprio comportamento com o desse estranho animal. Não há dúvida que as pessoas percebem, no íntimo, que todas as manifestações das religiões são falsas. Até os religiosos o admitem, quando dizem que a "Fé é uma virtude".

Há um pequeno problema nesse conceito. A verdadeira tradução de "Fé é virtude" é "Acreditar em qualquer mentira que eu diga, por mais idiota que seja, faz de você uma boa pessoa.". É mesmo?

As igrejas sabem muito bem que as religiões não se sustentam à mínima argumentação lógica. Por este motivo, matavam quem tentasse dissuadir os fiéis. Sim, torturavam e matavam. Não só mantinham uma polícia religiosa como definiram um 'crime' chamado 'blasfêmia' que consistia basicamente em pensar racionalmente. Se é necessário impedir a todo custo que as pessoas pensem, deve haver um motivo muito sinistro para essa estranha atitude. Se você procurar na "enciclopédia católica" na versão em inglês (aqui) verá que menciona até as punições cabíveis, como a morte por apedrejamento, para o tal 'crime' que consiste simplesmente em pensar.

Tente entrar em uma dessas igrejas por aí e dizer às pessoas a verdade, ou seja, que nunca existiu um papai do céu. Você correrá o risco de ser espancado até a morte, simplesmente por dizer a verdade. A situação não mudou. Uma piadinha sobre um tal de Maomé gera fúria assassina. Tudo igual.

A má notícia é que religião é doença. A boa é que tem cura. Pense.

11 comentários:

Paulo disse...

Acredito que a Aids e o Câncer terão cura mas religião não terá.

Julia disse...

Zappi,

Realmente a tal crença religiosa é uma doença que pode ser curada somente com medicos especializados...

Mas pra qualquer tratamento é nescessario em primeiro lugar,TIRAR do SONO HIPTNOTICO milhões de pessoas que são VITIMAS a milhares de anos.

Sera dificil "acordar a hipnose" que leva milhões aos cofres do PAPA E DOS OUTROS DIRIGENTES RELIGIOSOS!

Mesmo os padres fazem votos de viver na pobreza pra arrecadar dinheiro e quanto mais dinheiro melhor pra pagar a vida RIQUISSIMA E LUXUOSA dos dirigentes de qualquer instituição RELIGIOSA!

Nos tempos longiquos A IGREJA, O SACERDOCIO ERA ASSUNTO SOMENTE DAS ELITES ARISTOCRATICAS & CIA que se faziam "SACERDOTES" com o UNICO objetivo de ESTAR AO LADO DO PODER DO ESTADO OU REINADO...PRA MELHOR IMPOR A DITADURA DO ENRRIQUECIMENTO DOS COFRES DO ESTADO E DOS RELIOSOS...

Claro somente os "chefes religiosos" tem "direito de USUFRUIR DO TESOURO EM DINHEIRO arrecado dos bolsos dos "fieis seguidores" mobilisados em PEMANENCIA PRA DOAR até mesmo O RACIOCINIO DELES...E A LOGICA SEGUIDA pra que a riqueza MILIONARIA dos dirigentes CONTINUE!!!

Os MACUMBEIROS ELES são mais "honestos" porque so "trabalham" se o dinheiro estiver em pauta pra PAGAR os "serviços"DELES...Existe MACUMBEIROS que vão pertubar a tranquilidade de CERTOS ADHERENTES EM FRAGILIDADE PSICOLOGICA...

O OBJETIVO de certos MACUMBEIROS de pertubar "os clientes" é pra FRATALECER a manutenção FINANCEIRA DOS MACUMBEIROS PRA ESTA seja PERMANENTE NO EXTRATO BANCARIO!!!!

Acho que a solução pra mobilizar as reações ATRAVEZ de filmes COM CENARIOS da vida extra terrestre...O cenario grandioso como o film star wars é otimo, bastaria alguns retoques aqui e ali e o resultado pra sair da hipnose religiosa poderia acontecer...se seguido de debates nas escolas e na televisão.

Seu post é exelente porque ja pode ser considerado como um grão de areia neste oceano de incompreensões dos adptos religiosos.O post anterior é otimo!!! alias a maneira formulada é bem adequada pra mexer no psiquico dos extremistas religiosos...Abrs

Zappi disse...

Paulo,

A religião não será curada totalmente, mas a quantidade de gente não religiosa que se encontra aqui na Australia me faz pensar que a cura é mais simples do que parece. Tem que continuar batendo... Uma pessoa que pensa é um religioso a menos. Mande o post do macaco para o maior número de religiosos que você conhece...

Julia,

Obrigado pelo comentário. Acho mesmo que esse formato deixa os religiosos loucos, mas acertei por acaso...

Marcos disse...

Boa noite, amigos!
A Julia achou que eu ia embora mesmo! Julia, eu gosto desse blog! Zappi, você é o cara! Mas eu estou ansioso para que volte aos assuntos políticos.
Quanto à questão religiosa, vocês, provavelmente nunca me compreenderão. É uma pena. Eu compreendo vocês. Inclusive, até pensava de maneira bem semelhante.
Mas eu evolui, Julia! Gostaria que você também provasse desse sabor especial!
Mas, Julia, quero te dizer que faz muito tempo que não entro em uma igreja, acho mesmo uma palhaçada aqueles rituais, não sou associado a religião nenhuma e não gosto das práticas das mais importantes religiões.
Mas há muito mais coisas que, infelizmente, você nunca tomou contato.
Tomara que a Julia acesse novamente o blog e leia este post. Eu gostaria de plantar uma semente que, se bem cultivada, geraria tantas riquezas para vocês. Ou vocês acham que por ter orientação espiritual, eu sou um fracassado?
Zappi, se você me perdoa, acho que vou salvar meu comentário e postá-lo novamente amanhã!

Zappi disse...

Marcos, não entendi... eu tenho que perdoar o quê?

Os seus comentários são valiosíssimos! Só uma coisinha, eu não sou 'o cara'... no máximo 'um cara'.

Sabe, estou tão cansado de falar da política no Brasil que não consigo mais inspiração... o que dizer de um povo que dá dinheiro para a 'bispa Sônia' e acha o Lula a melhor coisa que aconteceu no Brasil na história recente? É isso que dá não dar uma olhadinha ao redor. Na Austrália tem burrice, na Austrália tem problemas, na Austrália tem crime e pobreza, tem imposto e governo ineficiente, tem corrupção... mas cada um desses itens, comparado com o Brasil, só leva à conclusão que a Australia é uma utopia!!! O mesmo vale até para a Suécia, França, Alemanha, Itália, Canada, ou EUA. Pior que o Brasil? Tem, é claro. Iraque, Afeganistão... Uma amiga acabou de mandar um mail de Kathmandu... aquilo é uma pobreza medonha, e ainda com os gerrilheiros Maoistas...

O Brasileiro é muito arrogante. Não conhece nada do que acontece fora e sempre acha que o Brasil vai bem.

Julia disse...

Zappi,

Sua resposta pro Marcos é otima!

Estou completamente de acordo quando você diz:
- O Brasileiro é muito arrogante. Não conhece nada do que acontece fora e sempre acha que o Brasil vai bem.///////////////////////

Acrescento: MUITOS Brasileiros,mesmo que conheça o que acontece fora,acha tambem que o Brasil vai bem e ainda tenta IMPOR "os modos de vida que eles tem la no Brasil" aos outros.Brasileiro é o povo mais dificil...a prova é o que se passa atualmente no cenario politico escolhido por eles que reclamam, MAS ZERO ATITUDE PRA COLOCAR O IMPEDIMENTO!!!!!

Aproveito pra dizer pro Marcos que ja sou uma "SEMENTE E SOU EXTRA TERRESTRE". Saiba Marcos, de maneira alguma penso ou pensei que você seja um fracassado.Fico contente de saber que você evoluiu.Alias viver é evoluir a cada instante.Obrigado por sua gentileza.

Bira disse...

Perceba Zappi, que o emburrecimento da população, contribui para a manutenção do poder politico em castas e feudos. Já a percepção religiosa vem da necessidade do homem, topo(em tese) na cadeia predatória, sentir-se inferior a algo, como não sabemos se existe vida ET(em tese), a religião torna-se a lugar seguro.
Agora matar em nome dela, perdão, é caso de policia.

C. Mouro disse...

Zappi,
eu estou propenso a concordar com o Paulo, sobretudo depois do "debate" com beatóides lá no outro blog.
Para ter cura será preciso uma dedicação "santa" e sem dispensar os remédios psiquiatricos(?).

É O SEGUINTE:
“É inútil tentar fazer um homem abandonar pelo raciocínio uma coisa que não adquiriu pela razão.” Jonathan Swift, escritor irlandês.

Marcos disse...

Boa noite Zappi!
Se me perdoa pela insistência, eu quis dizer! Mas o assunto está vencido. Nenhum tipo de fanatismo é produtivo. Tentei, apenas expôr a minha opinião.
O desânimo em relação à política é inevitável, realmente. Cada vez mais estou acreditando que o meu querido país, terá que 'quebrar' parra se livrar deste sistema.
Ja vemos se desenhar por aqui, a mesma artimanha do Hugo Chaves, que conquistou o direito de se perpetrar no poder. Mais a completa desmoralização do congresso, abrindo caminho para que o presidente governe absoluto.
Felizes são vocês que têm a opção de não estar aqui. Eu, que não a tenho, vou tratar de me segurar firme, para não quebrar junto.

Zappi disse...

Oi Marcos,

Sem problemas. Concordo integralmente com você. Fanatismo é acreditar em qualquer coisa que dizem. Já saímos da época da fadinha dos dentes e do papai noel há um bom tempo, não é mesmo?

Quanto ao Brasil, a solução passa pela ação. A inação pregada pelos religiosos é parte do problema. Ninguém nunca reage porque é considerado feio. Eu reagi como pude, vindo embora. É uma reação de quem não vê outra saída. O importante é reagir!!!!

Zappi disse...

Olá Carlos,

Acho que não concordo com a afirmação de Jonathan Swift, eu mudaria "inúti" para "muito difícil". Quanto ao debate do outro blog, o Tambosi tem a decência de apagar os mais agressivos, como aquele do religioso que disse que eu deveria me abortar retroativamente, dando um tiro nos meus miolos. Foi um tal de "cfe" que me lembra muito o "Simplicio" dos diálogos de Galileo. Eu deixaria o comentário, só para que as pessoas vejam como essa gente pensa (ou melhor, não pensa).