2007-07-20

Marco Aurelio Garcia

Estamos agora às voltas com mais um da corja de vagabundos amigos de Lula. Amigo íntimo de Lula, assessor especial de assuntos estrangeiros, ele expõe as suas idéias:

“Temos que dar a impressão de que somos democratas. Inicialmente temos que aceitar certas coisas, porém isso não durará muito”
Marco Aurélio Garcia


Duvida? Veja no vídeo abaixo o que ele acha do regime ditatorial de Hugo Chavez.



A última desse desgraçado é a demonstração da covardia canalha do PT e do Lula. Após 9 meses de caos nos aeroportos, anos de ladroagem na Infraero e dois acidentes que levaram mais de 350 vidas em menos de um ano, esse covarde festeja. O Lula festeja, a Marta Suplicy festeja... O fogo do inferno não seria tortura suficiente para gente tão mesquinha, tão covarde, tão inútil, tão destrutiva. Quero vê-los em um lugar de onde não possam causar dano.


2 comentários:

Eduardo Bernasconi disse...

Zappi
É bom lembrar que os números dos acidentes aéreos impressionam e são comentados mundialmente ao ponto de acordar à mídia internacional para as verdadeiras razões do atraso brasileiro. Mas, seria bom que todos soubessem que morrem 2400 pessoas ( mais de 10 acidentes aéreos) por ano em acidentes com ônibus (somente com ônibus) no Brasil. E sabe que houve uma aceleração no crescimento destes acidentes no governo Lula? http://www.estradas.com.br/new/materias/acidentes_c_onibus.asp
Pois é, para você que gosta de números calcule o risco de transitar pela Rodovia Fernão Dias a partir das informações de minha última viagem por lá:
Saindo de Guarulhos em direção a Mairiporã (~35 km) numa manhã de chuva leve vi dois carros capotando devido ao mau estado da estrada (não privatizada).
Um abraço
Eduardo

Zappi disse...

Está completamente certo, Eduardo. Basta olhar para os números subindo no meu "assassinômetro" aí à direita no blog. Desde 1980 quase um milhão de assassinatos no Brasil. A taxa também subiu bastante no governo Lula.

O que acontece é que dentro do Brasil ninguém parece ter condições de pressionar o governo, mas basta a queda de um avião de grande porte para que o congresso dos USA faça um minuto de silêncio pelos mortos no Brasil. É por aí.