2008-03-11

Espanhóis, defendam-se!

Ouvem-se todos os dias besteiras sobre o caso dos deportados brasileiros. Na verdade o governo brasileiro quer distrair a atenção do caso das FARCs. Defendidos com unhas e dentes pelos meliantes de Brasília, os narcoterroristas estão sofrendo derrota após derrota... até Hugo Chavez calou a boca, vejam só!

Voltando aos espanhóis.

1. As autoridades espanholas não mandam de volta todos os brasileiros. Eles só mandam os brasileiros que não explicam direito a que vieram. Com certeza absoluta a maior parte dos brasileiros deportados ia para ficar na Espanha. Eu só precisei ver a cara e o jeito de alguns deles para ter certeza disso. Não tenho dúvidas: se eu tivesse que decidir, os mandaria de volta. A imensa maioria passa normalmente.

2. Os brasileiros não sofreram maus tratos. Uma idiota estava se jogando no chão e fazendo escândalo, por pura iniciativa dela. Quem já viu as baixarias que brasileiros aprontam em viagens internacionais sabe bem do que estou falando.

3. A Espanha é um país civilizado, no qual o índice de bandidos soltos é muito baixo. Eles tem menos de um assassinato para cada 100.000 habitantes por ano. Os bandidos são presos. No Brasil, quando é "de menor" não é preso, quando a cadeia está superlotada não pode prender, as ONGs de "direitos humanos" defendem traficantes e assassinos perigosos com dinheiro do governo e consequentemente, as taxas de assassinato são, em alguns municipios brasileiros, mais de 100 vezes maiores que na Espanha. Isso sem falar da corrupção oficial que permite que bandidos tirem documentos falsos a qualquer momento. Alguém se espanta dos espanhóis tomarem cuidado?

4. A Espanha tem que responder para a União Européia se bandidos se infiltrarem através do aeroporto de Barajas. Isto faz com que sejam ainda mais cuidadosos.

5. O governo brasileiro apóia e defende com unhas e dentes grupos considerados terroristas pela comunidade internacional, como as FARCs; tem guerrilheiros sequestradores nas fileiras do governo e nos ministérios, apóia financeiramente grupos como o MST e outros que promovem depredações e invasões de propriedades privadas - inclusive de estrangeiros. Este é só mais um motivo para tomarem cuidado na fronteira espanhola.

6. Recentemente a polícia espanhola prendeu uma quadrilha, toda de brasileiros, que vendia documentos falsos, fabricava identidades falsas, abria contas bancárias com esses documentos em Portugal e no Brasil, roubava senhas através de e-mails com virus e ainda falsificava documentos para imigrantes ilegais, cobrando 2000 a 3000 Euros por pessoa. Ainda bem que vão ser presos... na Espanha, claro. No Brasil seriam considerados heróis.

7. Há na Espanha um número crescente de prostitutas brasileiras, travestis e imigrantes ilegais do Brasil. Com certeza há traficantes e membros do PCC entre eles.

Hum... deixa eu ver... O que não entendo é como é que a Europa ainda não pede visto de brasileiros. O governo do PT está efetivamente exportando crime e corrupção. Cuba também tentou, mas aí... mataram o Che.

7 comentários:

Orlando Tambosi disse...

Zappi,

é incrível a campanha feita em cima disso, Globo inclusive. Feriram os "brios nacionais".

Mas o fato é que o Grotão exporta mesmo é prostituta, ladrão, malandrinho etc.

Gerson B disse...

Não é tão simples assim. Eles expulsam até quem nem vai pra Espanha. E aqueles congressistas que iam com participação comprovada em congresso em Portugal? Mesmo com o cônsul brasileiro garantindo eles não liberaram.

E os que (o proprio embaixador espanhol admitiu) tinham os documentos mas foram expulsos porque "foram grosseiros"? Como grosseiros? Falaram alto? Isso é um critério que qualquer ôtoridade pode alegar.

Fora que manter alguem mais de um dia sem comida não é algo assim, civilizado.

Marcelo disse...

Quem viajou recentemente para a Europa foi testemunha do enorme número de brasileiros ilegais. É parte da diáspora. Muitos fogem do Brasil, contrariando a propaganda desinformativa do governo, que diz que o Brasil está "de vento em popa". Pouco se fala na imprensa sobre este exôdo. Preferem malhar os espanhois. Pode até ter havido uma ou outra injustiça, entretanto, eles estão reforçando a vigilância sobre um grupo que lidera as estatísticas de imigração ilegal.

Anônimo disse...

Eu discordo completamente do que vc disse acima, pois só quem mora aqui na Espanha sabe a humilhaçao se passa!! E agora, eu acho q o Brasil faz muito bem em deporta-los também, isso se chama reciprocidade!!!! Acho q vc nao deve ter passado nenhuma humilhaçao por aqui né??? Nao sabe o q diz!!!

Anônimo disse...

Ao anônimo:

Qualquer um que esteja ilegalmente em qualquer país está sujeito aos "rigores da lei". Todo país é soberano para impor as regras de entrada de estrangeiros, sejam turistas ou imigrantes.
O ensino no Brasil está tão ruim que confunde-se reciprocidade com retaliação.

Anônimo disse...

Tudo bem, concordo em parte com o que o autor do blog disse. E quase que totalmente com os comentários. Não se deve esquecer também boa parte dos espanhóis que vem ao Brasil, são homens e solteiros, ou seja, vêm robustecer a prostituição, inclusive de menores de idade. Então, meu camarada, melhor se informar um pouco mais, com essa visão unilateral, vc acaba fazendo o mesmo que os esquerdopatas que tanto critica em seu blog.

Zappi disse...

Anônimo brazuca morando na Espanha? Duvido muito. "Boa parte dos espanhóis são homens e solteiros"? Como você sabe, hein espertinho? E como sabe que vão para o Brasil para frequentar as putas brasileiras?

Fico impressionado com o cabedal de conhecimentos que alguns leitores querem aparentar ter.