2016-09-04

Tchau querida? Não! Tchau, desgraçada!


Descobri algo muito triste: as pessoas não mudam. Nunca.

A da esquerda, segundo dizem, cuidava das finanças do bando comunista. O seu objetivo? Dar um golpe de estado no Brasil e estabelecer um regime tirano comunista. Como em Cuba. Como na Rússia. Como na China. Como na Venezuela. Não deu muito certo, a incompetência e a violência desmedida dela e dos colegas terminaram por fazer com que fosse presa. Dizem também que roubou dinheiro do próprio bando. Não duvido nada.

A da direita era vendida como "gerentona" por gente da laia de Lula e Marcelo Odebrecht. Foi colocada como presidente do conselho da Petrobrás. Indicou vários criminosos dentro da Petrobrás. Coincidentemente todos os criminosos que indicou desviaram bilhões para si próprios e para o partido dela, o que terminou por destruir a maior companhia do país. Infelizmente não foi presa. Gente da laia de Lula, Léo Pinheiro e Marcelinho Odebrecht fizeram então um acordo com os fisiologistas em exercício e a empurraram para presidente do Brasil. No novo posto fez a mesma coisa que fez na Petrobrás e na antiga organização comunista: desviou verba e tratou o dinheiro dos contribuintes e dos acionistas das estatais como se fosse do PT: usou e abusou ao ponto de destruir as finanças de um país de 200 milhões de pessoas. 

Isto só mostra que é um grande erro não prender um criminoso quando é pego com a boca na botija. Essa gente não se corrige. Na primeira oportunidade volta a roubar.

As pessoas não mudam. Nunca. 

Mas a Dilmona não parou aí. Quando pega com a mão na bufunfa do povo (de novo, só que muito mais desta vez) ela não só não aceitou renunciar ao cargo como atacou o próprio país que lhe dava e dá de comer. Claro, alguém como a Dilma não seria capaz nem de gerenciar um carrinho de pipoca, então só pode sobreviver roubando: nesse caso sendo paga com dinheiro dos contribuintes. Esperneou, gritou, espalhou por todos os lados que estava sendo vítima de um golpe. 

Então foi cometido outro grande "erro": não se puniu a desgraçada. Sim, porque quem destrói as vidas de 200 milhões de pessoas tem que ser punida. No lugar disso perdeu o cargo de presidente mas ainda mantém as mordomias, por sorte de algum acordo estranho costurado por canalhas do tipo de Renan Calheiros e um tal de Lewandowski, amigo de Lula. 

Ou seja, o mal está à solta e a desgraçada está agora instigando agitadores a queimar pneus, atacar policiais e a gritar "Fora Temer". Quer dar um golpe de estado, desde que ela e o partido dela sejam os beneficiários.  

As pessoas não mudam. Nunca. 


2016-05-28

Gente humilde, que vontade de chorar


Mas que conversa fiada:
SÉRGIO MACHADO - Agora, tudo por omissão da dona Dilma.
JOSÉ SARNEY - Ele (Lula) chorando. O que eu ia contar era isso. Ele me disse que o único arrependimento que ele tem é ter eleito a Dilma. Único erro que ele cometeu. Foi o mais grave de todos.

Puxa, colocar a troglodita Dilma como presidente é o "unico erro" que o Lula cometeu? Bom, então melhor não acreditar quando ele descreve os próprios atos criminosos como "erros".

Incrível. Lula comandou o PT, roubou e roubou sem parar. Mas não roubou simplesmente. Roubou a ponto de destruir um país de 210 milhões de habitantes. Como pode ele agora chorar só porque Dilma é uma burra? Que anta. Que mesquinho. Que covarde. Que vagabundo. Que ladrão.

Espero que tenha tempo para chorar bastante lá na Papuda.

Esta é a quinta sonata para piano de Beethoven

E é uma das minhas favoritas. Uma coisa sobre as sonatas de Beethoven: não há duas parecidas. 






Homicidios no Brasil - O período militar e a "democracia"



Um dos motivos principais de eu ter saído do Brasil foi a taxa de homicídios completamente descontrolada desse país. O grande entusiasmo pelos "direitos humanos" dos criminosos que ignora totalmente os direitos humanos das vítimas foi um fator adicional para a minha decisão.

Cansei de escrever sobre o criminoso governo do Brasil (veja aqui: 2011, 2008, 2007 e outro em 2007). Quase 10 anos depois nada mudou.

Claro, se assistirmos os últimos noticiários, ficamos com a impressão de que a função principal do governo é dar dinheiro para ditaduras esquerdistas, chupar dinheiro dos contribuintes para dar para artistas de esquerda e desviar dinheiro para funcionários públicos comunistas engajados na corrupção sem fim. 

Entretanto uma das poucas funções importantes do governo é zelar pela segurança do cidadão. Neste quesito, todos os governos democráticos brasileiros falharam vergonhosamente.

Vejam como os assassinatos aumentaram a partir de 1980:

Homicide rates in Brazil since 1980

Interessante. O Brasil era mais pobre, mais ignorante e matava menos. Afinal quem era governo em 1980? João Figueiredo. Sim, ele mesmo, o milico. Já vemos que há vantagens em não dar espaço para vagabundos, coisa que os petistas realmente adoram fazer. Lembram-se o escândalo sobre a redução da maioridade penal? Não precisa dizer mais nada.

Um governo que está a favor dos bandidos forçosamente é contra as pessoas honestas. Não há
paradoxo aqui. Milhões de mortos e o governo continua a sua lenga-lenga sobre os "dimenor". Se não há penalidade para o assassinato, e no Brasil não há, porque ou os assassinos não são condenados ou, se presos, ficam pouco tempo fora de circulação.

Milhões de mortos são o resultado da política esquerdista completamente enojante de direitos humanos para criminosos. Vou repetir: a política esquerdista de direitos humanos causou diretamente milhões de mortes. Repito porque no Brasil ninguém quer entender algo tão simples. Até o Bolsonaro sabe a causa do crime. Perdão! Eu deveria dizer que somente o Bolsonaro parece entender a causa do crime. Todos os outros idiotas acham crime "uma manifestação natural de protesto causada pela desigualdade social" que é naturalmente culpa "das elites brancas":

2016-05-15

Parabéns, Juiz Sérgio Moro

O melhor resumo sobre as causas do impeachment de Dilma é dado pelo Mário Sabino do blog O Antagonista:

"No início de Março, essa possibilidade do impeachment ainda era difícil. Tudo se deve ao juiz Sergio Moro que, ao divulgar o grampo em que o Lula e a Dilma combinam a nomeação da casa civil com o claro intuito de obstruir a justiça, graças a isso o Lula não foi para o ministério, não nutriu mais ilusões nos políticos que poderiam porventura ainda apoiar esse governo, e a mulher caiu. O Juiz Sérgio Moro tirou o tapete debaixo desta gente, de maneira brilhante, dentro da lei. Parabéns Juiz Sérgio Moro."
Mário Sabino

Absolutamente irrefutável. Veja aqui, a partir de 1:56


2016-05-14

A delação premiada de Lula

O tempo passa, tic, tac, tic, tac... e cada vez mais próximo está o dia em que Lula será preso em decorrência das investigações da operação lava-jato e outras. Uma dúvida me vem à mente.

Depois de ficar na Papuda por uns meses, será que o Lula vai tentar a delação premiada? Todos já sabemos que ele só se lixa para ele mesmo. Não é fácil viver no xadrez sem curtir sua churrasqueira na cobertura do Guarujá e sem poder andar de pedalinho no sítio de Atibaia. Diz-se também que a cachaça que os presos fabricam na Papuda é muito ruim, pouca e cara. Sem cachaça? Isso é tortura desumana. Crime hediondo, coitado do Lula.

Na sua opinião, quem é que o Lula vai dizer na delação premiada? Vote na enquete ao lado, ou sugira outras respostas.

2016-05-12

Acabou

A Dilma acabou. Espero que o PT também tenha acabado.

Aqui na Australia publicaram esta bela foto da "Presidenta" como ela fazia questão que a chamassem. Note o detalhe com a jararaca com cabeça de Lula. Muito bonito:

Rousseff, Brazil’s first female president, risks being driven from office. Picture: AFP/NELSON ALMEIDA

2016-05-11

O regime militar e a "democracia" comunista

Segundo Marco Antonio Villa, a ditadura militar brasileira nunca foi uma "ditadura" propriamente dita. Depois comento.