2016-11-30

A imagem que vale mais de mil palavras

Fidel Castro e Aécio Neves (Foto: Arquivo pessoal)

Aécio Neves com Fidel Castro. Aquele que se diz alternativa à comunista Dilma.

O Brasil não tem mesmo quem eleger. 

2016-11-28

Mais um monstro morre

Related image

Morreu Fidel Castro, o tirano que manteve a ilha da miséria Cuba em situação catastrófica por décadas. O tirano que prendeu mais por motivos políticos do que Hitler ou Stalin ou Lenin ou ainda Mao Tse Tung. Mais presos políticos por habitante do que qualquer dos outros grandes monstros do século XX.

Entretanto o que vemos na imprensa brasileira?

G1: A morte de Fidel deixa a esquerda latino-americana órfã de sua principal referência

Referência??? Esquerdazinha vagabunda essa.


Folha: Ao longo de 57 anos, o regime comunista dos Castro foi diretamente responsável pela morte ou pelo desaparecimento de 9.504 pessoas, segundo o projeto Cuba Archive. Em 2016 ocorreram 9.125 prisões por motivo político.

A notícia da Folha é um pouco melhor...

Estadão: A morte de Fidel é como a morte de um irmão mais velho - Lula.

É isso que o Lula queria para o Brasil. Impressionante!

Fidel foi responsável por mais de 100.000 mortes na minúscula ilha de Cuba, entre os que assassinou diretamente e os que morreram tentando fugir da ilha-presídio. Fidel era o único milionário da ilha, com uma fortuna beirando os US$1 bilhão. 

É incrível como invariavelmente esses tiranos tiram uma farta casquinha da miséria do seu povo. 



2016-11-10

Brasileiros e a eleição americana - Imigração


Eu já tinha percebido que os brasileiros não entendem nada sobre os Estados Unidos, mas não havia notado que não há um único jornal ou uma única revista que sejam capazes de explicar o "fenômeno" Trump. O máximo que dizem é que os brancos ignorantes votaram em Trump e por isso ele ganhou. E porque brancos ignorantes o levaram à presidência, a votação seria ilegítima.

Será que algo disso faz sentido? Não acredito que ninguém tenha se dignado a ouvir "os dois lados" como costumam dizer na imprensa brasileira. Bom, na verdade acredito sim. Onde já se viu esquerdista ouvir alguém que não seja esquerdista?

No Brasil até os chamados "de direita" são esquerdistas. Ninguém nem sonha com uma economia de mercado e ninguém no Brasil parece jamais ter entendido o que é que fez com que os Estados Unidos se tornassem a nação mais bem sucedida na história do planeta Terra. Querem prova do que digo? Qualquer político que defenda as fronteiras do seu país é imediatamente rotulado de "extrema-direita".

Extrema direita? Só porque faz o que é a obrigação de qualquer país, o controle das fronteiras? Só porque não quer deixar que a imensa população de miseráveis do mundo venha destruir a sua sociedade? É de extrema direita quem não quer que os cucarachas de todo o mundo venham trabalhar lá? Façam me o favor!

Um presidente tem por obrigação constitucional a defesa dos cidadãos de seu país. Abrir as porteiras para a África e para o Oriente-médio deveria ser considerado traição e a Angela Merkel deveria ter sido presa por ter estimulado esse horror. Afinal o único resultado de suas políticas "boazinhas" é a destruição da Alemanha e de todos os países da União Européia. Ser contra uma política suicida é ser de extrema direita? Não! É só bom senso.

Há no mundo países ricos e países pobres. Os países ricos só são ricos porque tem um histórico de políticas que favorecem seus cidadãos. Os países pobres só são pobres porque nunca se preocuparam com educação, liberdade, e defesa do direito de propriedade.

O Brasil continua pensando como todos os outros países pobres. Isto significa simplesmente que o Brasil vai continuar sendo pobre. A destruição dos países ricos não é uma solução para os problemas dos brasileiros. Pelo contrário: só fará o Brasil afundar mais ainda.

2016-09-04

Tchau querida? Não! Tchau, desgraçada!


Descobri algo muito triste: as pessoas não mudam. Nunca.

A da esquerda, segundo dizem, cuidava das finanças do bando comunista. O seu objetivo? Dar um golpe de estado no Brasil e estabelecer um regime tirano comunista. Como em Cuba. Como na Rússia. Como na China. Como na Venezuela. Não deu muito certo, a incompetência e a violência desmedida dela e dos colegas terminaram por fazer com que fosse presa. Dizem também que roubou dinheiro do próprio bando. Não duvido nada.

A da direita era vendida como "gerentona" por gente da laia de Lula e Marcelo Odebrecht. Foi colocada como presidente do conselho da Petrobrás. Indicou vários criminosos dentro da Petrobrás. Coincidentemente todos os criminosos que indicou desviaram bilhões para si próprios e para o partido dela, o que terminou por destruir a maior companhia do país. Infelizmente não foi presa. Gente da laia de Lula, Léo Pinheiro e Marcelinho Odebrecht fizeram então um acordo com os fisiologistas em exercício e a empurraram para presidente do Brasil. No novo posto fez a mesma coisa que fez na Petrobrás e na antiga organização comunista: desviou verba e tratou o dinheiro dos contribuintes e dos acionistas das estatais como se fosse do PT: usou e abusou ao ponto de destruir as finanças de um país de 200 milhões de pessoas. 

Isto só mostra que é um grande erro não prender um criminoso quando é pego com a boca na botija. Essa gente não se corrige. Na primeira oportunidade volta a roubar.

As pessoas não mudam. Nunca. 

Mas a Dilmona não parou aí. Quando pega com a mão na bufunfa do povo (de novo, só que muito mais desta vez) ela não só não aceitou renunciar ao cargo como atacou o próprio país que lhe dava e dá de comer. Claro, alguém como a Dilma não seria capaz nem de gerenciar um carrinho de pipoca, então só pode sobreviver roubando: nesse caso sendo paga com dinheiro dos contribuintes. Esperneou, gritou, espalhou por todos os lados que estava sendo vítima de um golpe. 

Então foi cometido outro grande "erro": não se puniu a desgraçada. Sim, porque quem destrói as vidas de 200 milhões de pessoas tem que ser punida. No lugar disso perdeu o cargo de presidente mas ainda mantém as mordomias, por sorte de algum acordo estranho costurado por canalhas do tipo de Renan Calheiros e um tal de Lewandowski, amigo de Lula. 

Ou seja, o mal está à solta e a desgraçada está agora instigando agitadores a queimar pneus, atacar policiais e a gritar "Fora Temer". Quer dar um golpe de estado, desde que ela e o partido dela sejam os beneficiários.  

As pessoas não mudam. Nunca. 


2016-05-28

Gente humilde, que vontade de chorar


Mas que conversa fiada:
SÉRGIO MACHADO - Agora, tudo por omissão da dona Dilma.
JOSÉ SARNEY - Ele (Lula) chorando. O que eu ia contar era isso. Ele me disse que o único arrependimento que ele tem é ter eleito a Dilma. Único erro que ele cometeu. Foi o mais grave de todos.

Puxa, colocar a troglodita Dilma como presidente é o "unico erro" que o Lula cometeu? Bom, então melhor não acreditar quando ele descreve os próprios atos criminosos como "erros".

Incrível. Lula comandou o PT, roubou e roubou sem parar. Mas não roubou simplesmente. Roubou a ponto de destruir um país de 210 milhões de habitantes. Como pode ele agora chorar só porque Dilma é uma burra? Que anta. Que mesquinho. Que covarde. Que vagabundo. Que ladrão.

Espero que tenha tempo para chorar bastante lá na Papuda.

Esta é a quinta sonata para piano de Beethoven

E é uma das minhas favoritas. Uma coisa sobre as sonatas de Beethoven: não há duas parecidas. 






Homicidios no Brasil - O período militar e a "democracia"



Um dos motivos principais de eu ter saído do Brasil foi a taxa de homicídios completamente descontrolada desse país. O grande entusiasmo pelos "direitos humanos" dos criminosos que ignora totalmente os direitos humanos das vítimas foi um fator adicional para a minha decisão.

Cansei de escrever sobre o criminoso governo do Brasil (veja aqui: 2011, 2008, 2007 e outro em 2007). Quase 10 anos depois nada mudou.

Claro, se assistirmos os últimos noticiários, ficamos com a impressão de que a função principal do governo é dar dinheiro para ditaduras esquerdistas, chupar dinheiro dos contribuintes para dar para artistas de esquerda e desviar dinheiro para funcionários públicos comunistas engajados na corrupção sem fim. 

Entretanto uma das poucas funções importantes do governo é zelar pela segurança do cidadão. Neste quesito, todos os governos democráticos brasileiros falharam vergonhosamente.

Vejam como os assassinatos aumentaram a partir de 1980:

Homicide rates in Brazil since 1980

Interessante. O Brasil era mais pobre, mais ignorante e matava menos. Afinal quem era governo em 1980? João Figueiredo. Sim, ele mesmo, o milico. Já vemos que há vantagens em não dar espaço para vagabundos, coisa que os petistas realmente adoram fazer. Lembram-se o escândalo sobre a redução da maioridade penal? Não precisa dizer mais nada.

Um governo que está a favor dos bandidos forçosamente é contra as pessoas honestas. Não há
paradoxo aqui. Milhões de mortos e o governo continua a sua lenga-lenga sobre os "dimenor". Se não há penalidade para o assassinato, e no Brasil não há, porque ou os assassinos não são condenados ou, se presos, ficam pouco tempo fora de circulação.

Milhões de mortos são o resultado da política esquerdista completamente enojante de direitos humanos para criminosos. Vou repetir: a política esquerdista de direitos humanos causou diretamente milhões de mortes. Repito porque no Brasil ninguém quer entender algo tão simples. Até o Bolsonaro sabe a causa do crime. Perdão! Eu deveria dizer que somente o Bolsonaro parece entender a causa do crime. Todos os outros idiotas acham crime "uma manifestação natural de protesto causada pela desigualdade social" que é naturalmente culpa "das elites brancas":

2016-05-15

Parabéns, Juiz Sérgio Moro

O melhor resumo sobre as causas do impeachment de Dilma é dado pelo Mário Sabino do blog O Antagonista:

"No início de Março, essa possibilidade do impeachment ainda era difícil. Tudo se deve ao juiz Sergio Moro que, ao divulgar o grampo em que o Lula e a Dilma combinam a nomeação da casa civil com o claro intuito de obstruir a justiça, graças a isso o Lula não foi para o ministério, não nutriu mais ilusões nos políticos que poderiam porventura ainda apoiar esse governo, e a mulher caiu. O Juiz Sérgio Moro tirou o tapete debaixo desta gente, de maneira brilhante, dentro da lei. Parabéns Juiz Sérgio Moro."
Mário Sabino

Absolutamente irrefutável. Veja aqui, a partir de 1:56