2006-12-20

Oração natalina

Ah, Natal! Época de renovação e esperança. Símbolo de uma nova vida, do entendimento entre os seres humanos. Inspirado e contagiado pelo espírito natalino, decidi juntar-me a vocês para orar. Oremos, pois, oremos juntos.

"Deus todo-poderoso, fazei com que as pessoas não se esqueçam de usar o cérebro antes de fazer ou dizer algo. Oremos.... Amém"

"Deus, todo-poderoso que estais no céu, fazei com que as pessoas divulguem que fé é só outro nome para ignorância cega, tirai das pessoas a imbecilidade e substituí pela razão, mãe da tolerância e filha do divino... oremos... Amém."

"Deus, não castigai pecadores, fazei com que as pessoas os castiguem deixando de ouvi-los, fazei com que isolem sementes da ignorância como o padre Marcelo, a bispa Sonia e o Lula. Se roubaram, fazei com que as pessoas raciocinem e os coloquem no xadrez. Se mentiram, deixai que as pessoas exponham as mentiras e ridicularizem livremente os mentirosos e enganadores... oremos... Amém."

"Deus, querido Deus do céu, pai de todos nós, fazei com que as pessoas protejam a sabedoria e ataquem a ignorância. Fazei com que as pessoas ensinem e aprendam, fazei com que pensem e discutam livremente, sem limites e sem barreiras. Fazei com que se burlem dos preguiçosos e dos ignorantes para que estes corrijam os seus comportamentos. Mostrai a todos os seres humanos que a vida é aqui e agora... oremos... Amém."

"Deus, amado pai do céu, protegei blasfemos e hereges, pois eles trazem a semente da sabedoria e atacam a estupidez dos religiosos. Oremos... Amém."

"Deus, criador de todas as coisas e pessoas, fazei com que cada um perceba que dinheiro é para ser gasto e usufruido em bens materiais e em educação, assim como investimentos para o bem estar futuro. Impedí que as pessoas joguem seu dinheiro fora com curandeiros, jesuítas, padres, bispos, teólogos e outras categorias que os protegem e defendem a ignorância sem fronteiras e constroem templos à estupidez."

"Deus, querido Deus maior que todas as coisas, não mostrai nenhuma prova de Vossa divina existência, como nunca fizestes, para que as pessoas deixem de rezar e comecem a pensar em si mesmos e nos seus, comecem a agir em vez de esperar algo cair do céu... Oremos... Amém."

"Deus, magnífica criatura entre os magníficos, fantástico entre os fantásticos, não ajudai ninguém que não ajude a si mesmo.... Oremos... Amém."

"Enfim, Deus, continuai a fazer o que sempre fizestes, ou seja, nada. Um dia, após muita destruição e morte, a ignorância da religião acabará por ser suplantada pela sabedoria da razão e as pessoas saberão que os próprios atos são causa da própria miséria ou riqueza... Oremos... Amém."

Divulguem essa oração, mandando a pelo menos oito pessoas em 24 horas. Deus insinuou-me que quem não divulgar esta novena pode sofrer sérias desgraças. Soube de um religioso que torceu o pé. Outro teve um braço decepado pelo helicóptero que usava para chegar aos fiéis. Não tenho idéia das desgraças que Deus está reservando a quem interromper esta corrente.

Um felicíssimo Natal para todos!!!

11 comentários:

tunico disse...

Feliz Natal, fellow!

Marcos disse...

Boa noite Zappi!
Se me perdoa pela insistência, eu quis dizer! Mas o assunto está vencido. Nenhum tipo de fanatismo é produtivo. Tentei, apenas expôr a minha opinião.
O desânimo em relação à política é inevitável, realmente. Cada vez mais estou acreditando que o meu querido país, terá que 'quebrar' para se livrar deste sistema.
Já vemos se desenhar por aqui, a mesma artimanha do Hugo Chaves, que conquistou o direito de se perpetrar no poder. Mais a completa desmoralização do congresso, abrindo caminho para que o presidente governe absoluto.
Felizes são vocês que têm a opção de não estar aqui. Eu, que não a tenho, vou tratar de me segurar firme, para não quebrar junto com o país.

Oração nova, heim! Você não tem jeito!! Sabe o que vai acontecer? Veja MATEUS 24. 14.
Como inspiração, seria muito proveitoso se nos falasse das experiências da Austrália. Nos traga cultura!
Abraços.

Julia disse...

Zappi,

Nunca vi uma oração tão BELA!!!

Você se DEPASSOU!!!ADOREIADOREIADOREIADOREI!!!!!!!

O Marcos AINDA não percebeu que religião é conjugado com politica e quem é cultivado tem que ler de tudo, observar tudo, pra refletir e agir?!

Marcos disse...

Olá!
"religião é conjugado com política". Com certeza que é, mas então vamos "refletir": na china comunista a religião é livre, se pode pregar a Deus? Na antiga União Soviética, como era? Países do oriente médio, somente o que agrada aos ditadores, não é mesmo? E na antiguidade, com os reis e soberanos? Lula e Alkmin, qual dos dois é simpático à religiosidade?
Cuidado com o fanatismo exacerbado!
Minha concordância inconteste à sua última frase: "quem é cultivado tem que ler de tudo, observar tudo, para refletir e agir?!".

Gabriel disse...

Zappi,

Estou aterrizando aqui e leio o comentario do Marcos onde me parece estar em atitude de fazer ameaças...Seria reação de algun fanatico??????????

Os posts sobre religião estão absolutamente impecavel e a oração de NATALINA é PERFEITA!!!!!

C. Mouro disse...

Caro Zappi,
quem faz uma oração dessa com certeza tem a aprovação dos deuses. ...amém!
.
Eu uso o termo ideologia, ou uma receita de procedimentos para atingir um "fim supremo". Ou seja, idéias para um objetivo final.
As ideologias sempre foram usadas com fins políticos. Vide Pedro e Paulo, entre outros, na bíblia, onde Pedro ainda pode ser amenizado por interpretação de ardil, mas Paulo é claro em fazer da autoridade uma escolha divina.
Na URSS continuou existindo o culto religioso, em Cuba a Igreja católica louva o ditador. E quanto na antiguidade, os reis e soberanos me dispensam de comentar. Até por imporem religiões oficiais. Ademais Constantino bem percebeu a utilidade.
Quanto a leitura, os religiosos deveriam ler, entender e julgar mais os seus livros sagrados. Pois uma coisa comum nas ideologias é seus adeptos não lerem, não entenderem e adaptarem seus interesses e ideais a ideologai que adotam, independente do que elas originalmente preconizam: seguidores do marxismo não conhecem o que Marx/Engels escreveu, cristãos não conhecem a bíblia e por aí vai.
.
Que cada um defenda suas idéias sem invocar a autoridade de qualquer ideologia (metodo falácioso) ou pretenso deus. Discutir idéias bem embasadas dispensa argumentos de autoridade, notoriedade ou quantidade.
.
Forte abraço e boas festas
C. Mouro

Marcos disse...

C Mouro! A sua conclusão é precisa! Exatamente esse o raciocínio que propus!
Em regimes totalitários a religião é controlada ou é reprimida! Em regimes democráticos é que é livre a associação religiosa. Então, o que isso significa! Será que devemos condenar tanto assim a religiosidade?
Ameaça em que termos? Não entendi como?

Zappi disse...

Caro Marcos,

Veja a foto do post A cura.

Esta foto é um instrumento de tortura usado por religiosos para punir quem falasse mal de deus ou cometesse algo que os religiosos chamam de 'pecado'. É um arrancador de seios. Arrancavam os seios de uma pobre mulher, destroçavam-na simplesmente. Em nome da religião.

Os regimes que você mencionou cometeram atrocidades e não eram religiosos. Entretanto nunca cometeram crimes em nome do ateísmo. Infelizmente não é possível dizer isso dos religiosos que torturavam e massacravam em nome da religião.

C. Mouro disse...

Zappi,
magnífica a sua precisão:
NUNCA NENHUM ASSASSINATO, NEM TORTURA E NEM PERSEGUIÇÃO FORAM PRODUZIDOS EM NOME DO ATEÍSMO. Afinal, ateísmo não tem doutrina alguma, é meramente uma descrença que não produz nada além da descrença.
Clap! clap! clap! ...Zappi, foste brilhante!
Forte abraço
C. Mouro

Steppenwolf disse...

Zappi,
Como sempre...Brilhante!
Feliz natal a todos e um ano novo ausente de toda crendice!

Bira disse...

feliz natal "proce" fora "destepaiz"...