2008-04-30

Trogloditas

No Iraque pós Saddam Hussein, um pai descobre que a filha de 17 anos gosta de um soldado britânico. Então se põe a esfaqueá-la, na frente da mãe que, desesperada, chama os outros dois filhos. Entretanto, quando souberam a razão pela qual o pai estava fazendo aquilo, os irmãos ajudaram o pai a por fim à vida da moça.

A polícia iraquiana deteve o pai assassino por duas horas. Após ouvir as razões do monstro, a polícia o liberou sem acusações.

"Nada pode ser feito com um caso de crime de honra. Você vive em uma sociedade muçulmana e as mulheres devem viver sob leis religiosas."

Religiãozinha simpática, a islâmica.

Um comentário:

C. Mouro disse...

A estupidez humana é infinita.

Os muçulmanos têm 600 anos ainda pela frente, para serem o que são os cristãos atualmente.

Quem sabe eles não estarão fazendo propaganda da rendição, da capitulação ante o inimigo, caso o caldo engrosse para o lado das lideranças ideológicas?

É a moral dupla:
Quando forte o valor é dado pela moral do guerreiro, o valor da força conquistadora. Se fracos, o valor então passa a ser definido pela moral do escravo, pela servidão voluntária ao senhor que já não tem a força para escravizar na marra.

...Um prof. dizia que todo dia o otário sai de casa para trabalhar. Daí que o esperto tem o dia ganho.

Bem, os que querem dominar sempre encontram os que se querem dominados. Os imbecis e os safados formam o par perfeito; além de formarem a esmagadora maioria.

Abração
C. Mouro