2008-05-03

Curso para homeopatas

De todas as manifestações da imbecilidade humana, uma das mais tremendamente ridículas é a homeopatia. Os seus princípios básicos remontam a uma teoria do século 18 que foi destruída totalmente por mais de dois séculos de desenvolvimento científico.

No Brasil, o SUS parece estar apoiando a farsa homeopática (veja aqui). Era de se esperar, no país de Lula e do PT, no país das senhoras católicas ignorantes que fazem procissão em Aparecida, no país onde o ministro da cultura defende chá alucinógeno para todos os brasileiros.

A homeopatia consiste em não fazer nada e ver se o paciente se cura sozinho. Isso acontece às vezes e os homeopatas contam como um ponto a favor deles. Entretanto os homeopatas são farsantes que estão efetivamente enganando o paciente, como os curandeiros e videntes. Não têm experiência clínica e basicamente navegam em princípios não-científicos. Ir a um homeopata é a mesma coisa que consultar um astrólogo.

Se mesmo com tudo que eu disse você ainda quiser se tratar com homeopatia, pelo menos tenha certeza de que o seu homeopata é um profissional qualificado. Publico aqui um pequeno guia para garantir a sinceridade e autenticidade dos profissionais da área:

Alguns podem imaginar que tudo o que é necessário para tornar-se um homeopata é conseguir uma cópia do "Materia Medica" e praticar diluição e sucussão. Na verdade existe um programa de treinamento completo para os profissionais da área (traduzido daqui).

1. Remova o cérebro. Não é necessário removê-lo em um só pedaço, portanto qualquer método pode ser usado desde que não danifique demasiadamente o craneo.

2. Misture o cérebro com 10 vezes o seu peso em areia.

3. Tome 10% da mistura e misture com 10 vezes o seu peso em areia.

4. Repita a etapa número 3 mais 20 vezes

5. Recoloque a mistura final de volta à cavidade onde o cérebro estava.

6. Se o cérebro foi removido por trepanação ou artroscopia, sele o buraco no crâneo com uma rolha (não use uma rolha de borracha). Se o topo do crâneo tiver sido removido, recoloque cuidadosamente e aplique uma corrente elétrica verticalmente até que o osso tenha se religado.

7. Golpeie (sucussione) a cabeça duas vezes em cada lado com um tijolo.

8. Entregue um certificado de competência ao homeopata.

É importante mencionar que algumas instituições menos conceituadas tem oferecido cursos acelerados que deixam de lado as primeiras 6 etapas. Para ter certeza que o seu homeopata foi treinado adequadamente, procure a cicatriz horizontal ao redor da cabeça um pouco acima dos olhos ou peça para ver a rolha.


6 comentários:

Gerson B. disse...

Zappi, tenho que discordar de você. Sou médico. Fiz o 6º ano (internato) em Homeopatia. Depois fiz uma tese de mestrado sobre a Homeopatia, entrevistando vários pacientes. Não sou homeopata e meti o pau na Homeopatia na tese, mas não porque ela não funciona. Do que vi ela funciona em casos que não podem ser explicados pela sugestão ou crença, até em infecções e em crianças. Não vi, mas veterinários já me disseram que ela atua em animais. Minha crítica foi de que os homeopatas não fazem pesquisa científica para entender porque ela funciona e par aprimorar os métodos de escolha dos remédios corretos, alem de negar efeitos colaterais danosos. Ela está estacionada no século XIX, muitos tem uma visão religiosa. Mas que ela funciona funciona. Não sei porque, quais os mecanismos. Mas negar fatos porque não temos um modelo que os explique tambem não é ciência, é precnceito.

Zappi disse...

Olá Gerson B,

Se a Homeopatia funcinasse, haveria estudos científicos mostrando o fato. Entretanto, sempre pode acontecer de alguém se curar sozinho. O organismo humano é complexo e há muitos mecanismos de defesa ainda inexplicados. Há então essas evidências anedóticas de que fulano se curou com homeopatia, alguma criança se curou de uma infecção, etc.

Eles nunca dizem que mataram um paciente porque não deram antibióticos para ele. Não é peculiar? Eu estou certo de que acontece e eles simplesmente encobrem.

Para demonstrar que a homeopatia funciona é preciso usar estudos do tipo "double blind" como se fazem com remédios convencionais. Extensivos estudos foram feitos, jamais reconhecidos por eles, e nada foi encontrado. O efeito placebo é o único ponto positivo que foi verificado.

Há um motivo fundamental pelo qual os homeopatas não fazem pesquisa científica. É porque já foram derrubados pela Ciência. A teoria das diluções é de uma estupidez inacreditável: nega a teoria molecular. Dedicam-se a culto ao fundador, teorias religiosas, não duvido que no Brasil recomendem uma visita ao santo Daime. Quem mexe nesse ninho de víboras sairá picado.

O negócio é expô-los pelo que são: uma fraude.

pait disse...

A homeopatia é a mais descarada das fraudes porque entendemos perfeitamente o mecanismo da bobagem. Outras fraudes, como o criacionismo e a alfândega, não chegam perto - a homeopatia vai diretamente contra uma das coisas que melhor entendemos na natureza, que as substâncias são formadas por moléculas. Parabéns, Zappi, por dar nome aos bois.

Zappi disse...

Alfândega! Bom assunto para um próximo post. Boa Fritz. Obrigado pelo comentário!

Gerson B disse...

Acho que vocês tem a mesma atitude dos fanáticos. Acham que todo médico que usa homeopatia é ou idiota ou charlatão? São profissionais que estudaram o assunto e tratam gente com bons resultados, às vezes em casos complicados. Não é tão simples assim. E conheço outros médicos que como eu não são homeopatas mas acreditam pelo que já viram acontecer.

Mas sei que não vou convencer vocês. Já tem a certeza de saber a verdade sobre o assunto.

Zappi disse...

Gerson, respondi a seu comentário em um novo post.

Por que você me acha fanático? Porque acredito na teoria atômica? Acho fanático diluir fígado de pato 200 vezes e dar uma sacudidinha cada vez, e ainda dizer que cura a gripe.

Ainda bem que a gripe se cura sozinha, não é?