2007-08-06

Folha - cansaram ou não cansaram?

Foi no governo do FHC. Eu assinava a Folha de São Paulo. Um ataque desenfreado a José Serra, então ministro da Saúde, ocupava 10 páginas da edição. O "dossiê" prometia expor as vísceras corruptas do ministério. Meu coração passa a bater mais rápido, um problema no governo poderia trazer de volta a inflação, aumentar os juros... Eu li tudo. Expandiam uma fofoca de fonte não confiável para ocupar dez páginas. O único objetivo da Folha era o ataque gratuito a José Serra e ao Fernando Henrique Cardoso.

"Cansei dessa porcaria de jornal" disse imediatamente - notem que eu já tinha cansado da Folha nos anos noventa.

Antes mesmo de ir trabalhar, liguei para o jornal para cancelar minha assinatura. Ofereceram continuar de graça por um mês. Eu disse:

"Quero que vocês deixem de entregar amanhã mesmo. Esse jornal não entra mais em minha casa"

Para que eu queria um jornal que naquela época já fazia campanha suja para o Lula? Imediatamente tomei a minha decisão: não daria um centavo sequer para esses canalhas.

Meses depois ligaram da Folha, propondo um desconto para a assinatura. Após dizer que não queria a Folha de jeito nenhum, que esse jornal não era confiável, que era petista, a moça perguntou:

"E se eu lhe disser que a Folha mudou?"

"Eu não acredito. Não precisa ligar mais"

Pouco depois cancelei também a minha assinatura do Universo Online, empresa do grupo Folha.

Nunca dê dinheiro para alguém que tenta destruir o seu país.

3 comentários:

Saramar disse...

Sim, Zappi, este é um bom conselho.
No atual momento, a mídia está exatamente sobr eo muro. Ninguém diz o que todos sabem, ou seja, o modelo lulo-petista de governar (??) está falido eo país mergulhado na baderna.
Enquanto isso, Lula discura e a mídia repercute as balelas de sempre.

beijos

Otacílio M. Guimarães disse...

Eu tenho aqui uma sugestão: que tal fazermos uma campanha a nivel nacional para que todos os empregadores descubram entre seus empregados os que votaram em Lula e demita-os sumariamente? Quem votou em Lula tem mais é que morrer de fome.

Severo Pedroso disse...

Desde os tempos de Matinas Suzuki, quando houve uma investida da Folha sobre o OESP, que eu achava o marketing da Folha mentiroso, desonesto, invejoso e sem criatividade começando por se autodenominar Folhão numa imitação covarde do ESTADÃO. Mas enfim, parece que pegou. Tudo que é mentiroso pega no Brasil. Ô povo que gosta de ser enganado! Não assino e nem leio a folha. Canselei assinatura do UOL.