2006-11-05

Liberdade? Que liberdade?

Em todo o mundo utiliza-se a pena de privação de liberdade para bandidos perigosos, assaltantes, assassinos. O motivo é poupar as pessoas decentes do convívio com bandidos. Priva-se a liberdade dos maus para os bons poderem viver tranquilos. Certo? Errado.

Um novo sistema foi inventado no Bananão: não se prende ninguém, e quando se prende, solta-se rapidinho. Isso faz com que erros judiciais tenham um custo baixíssimo para o injustiçado. E todo condenado é tratado como injustiçado.
Como os bandidos ficam soltos, é então necessário monitorar todo mundo... o que causa uma outra injustiça: a liberdade de todo mundo é comprometida pelos trambiques de poucos, que por sinal estão até no governo, certo?

Aí a sociedade reage, se proteje: as vendas de carros blindados, sistemas de segurança, cameras de vídeo explodem. Não serve para muito: os maravilhosos tribunais bananeiros não estão absolutamente interessados em condenar bandidos, mas em cercear liberdade dos que não são. Só para confirmar, o presidente da república inocenta bandidos diáriamente, ora chamando crimes de "erros" ou bandidos de "aloprados" ou ainda dizendo que os presos estão presos por conta da falta de oportunidade que tiveram na vida. Não é à toa que o PCC votou em massa no Lula.

Na falta de democracia, capitalismo ou liberdade, há um elemento comum. A justiça não funciona. Aparentemente o sistema pode ser consertado, colocando em um presídio de segurança máxima aqueles gatos pingados que mais trabalham para subvertê-lo. Afinal é a liberdade de milhões que está em jogo.



Teste: Que figura geométrica aparece nas três imagens abaixo?


3 comentários:

Cristal disse...

Zappi !!!

Quando vão desmascarar esse asqueroso?!?!?

Marcus Carvalho disse...

Não sei se vejo alguma figura geométrica. O que vejo em todas as fotos são porcos.

graça disse...

eu vejo tres figuras ridículas, e por tras destas figuras 60 milhoes de brasileiros, uns querendo continuar nas tetas do dinheiro público e outros na pura e completa ignorancia.