2008-04-06

Justiça vagabunda

Fiquei atônito com a notícia publicada na Folha on-line. A justiça do atrasado estado do Mato Grosso do Sul, situado no país retardado chamdo Brasil, mandou interrogar 10 mil mulheres por suspeitar que elas abortaram. Se a justiça brasileira tivesse a mais mínima vergonha na cara não perderia tempo com tão ridícula tarefa e ficaria mais preocupada em prender os causadores do gigantesco genocídio real que são os 50 mil assassinatos que ocorrem no Brasil a cada ano. Este ano passaremos a marca de um milhão de pessoas assassinadas desde 1980 e a justiça, aparentando falta do que fazer, continua preocupadíssima com mulheres que abortaram.

O mapa acima mostra quantos milhares de assassinos a justiça brasileira deveria prender. O Brasil está na categoria mais violenta do mundo, com mais de 20 assassinatos a cada 100 mil habitantes. Clique aqui para ampliar.

Não é por coincidência que o Brasil é campeão em assassinatos, campeão em corrupção, campeão em vandalismos. A justiça parece sempre olhar para as pessoas que não fazem mal a ninguém. Parecem contar com a bênção do Papa, esse velho nojento que só se preocupa com o que acontece dentro do útero das mulheres. Padres fetichistas asquerosos, quando não são pedófilos também.

2 comentários:

a.h disse...

Caro Paulo,

Sabe qual é a fonte do mapa acima?

Grato,

Zappi disse...

Claro, veja aqui.