2007-05-11

Enciclopedia da vida



"A religião provêm do período da pré-história humana no qual ninguém tinha a mais mínima idéia do que estava acontecendo. Provêm da chorosa e apavorada infância de nossa espécie, e é uma desajeitada tentativa infantil de satisfazer a nossa insaciável demanda de conhecimento"

Christopher Hitchens


O espetáculo de irracionalidade provisto pelo papa e seus seguidores é tão monstruoso que até o Lula, paradigma da ignorância, acaba por sair bem na fita. Pior para os católicos e outros religiosos. Faz sentido que o país esteja na lama, se os mais ferrenhos opositores do Lula tem problemas mentais, como o Reinaldo Azevedo, que ainda não conseguiu explicar aonde ele quer prender os milhões de mulheres que realizam abortos. Veja ao lado os números crescendo.

A única maneira de frear as taras dos religiosos é a ciência, e é por isso que os religiosos tem tanto medo dela. Desde Galileu, que disse que não acreditava que deus tivesse colocado um cérebro em cada pessoa para que não fosse utilizado, a ciência foi vencendo batalha após batalha, diante de religiosos que continuam a negar o óbvio. Aqui há outra iniciativa para trucidar os mitos pré-historicos de que as igrejas se aproveitam para faturar alto.

É a "Encyclopedia of Life" ou EOL, cuja página inicial encontra-se aqui: www.eol.org

O objetivo é catalogar em um único lugar os milhões de espécies conhecidas e eventualmente os milhões de espécies ainda por descobrir. As ferramentas colaborativas (wiki) existentes hoje em dia permitem o trabalho simultâneo de milhões de especialistas. Se você conhece um biólogo, divulgue, mandando o link. Veja abaixo o vídeo apresentando a iniciativa. Xô, burrice!



5 comentários:

O Lobo disse...

Parabéns, Zappi!
Como sempre, perfeito!
Seu blog está cada vez melhor!
Nem sempre faço comentários, mas nunca deixo de ler sobre tudo o que você escreve! Num país com tanta imbecilidade, um pouco de luz sempre cai bem!
Abraço!

Zappi disse...

Obrigado pela força, Lobo. Se quiser me ajudar a liberar o país da imbecilidade, como você mesmo disse, por favor inclua conhecidos (ou desconhecidos) no link de "cadastro" à esquerda do blog. Cada vez que publico um post quem está cadastrado recebe um aviso.

Um abraço e tudo de bom. Xô burrice!

Julia disse...

Zappi,

Adorei o post e tive a ideia de pescar os mails em blogs de muiiiitassss mulheres que não conheço,mas acho que seria salutar que elas possam receber seus posts nas caixas de mensagens delas e fico curiosa pra verificar se algumas delas se interessariam por assuntos mais construtivos...que a religião que elas professam...

Beijos e vamos dar esse duro no Xô burrices dos "tão humanos religiosos"

Otacílio Guimarães disse...

Zappi, não dá. Não há como transformar selvagens em gente civilizada. Admiro a sua persistência, mas eu já desisti, por isto me mandei para a Australia. Veja o caso do Iraque. Nem em mil anos os Estados Unidos vão conseguir transformar aqueles animais em seres humanos. No Brasil, é a mesma coisa.

Geraldo Guarulhos, SP. disse...

Os numeros mostrados sobre assassinatos no Brasil só podem estar subestimados. Facil entender por que: em Pindorama só se registram as vitimas que morrem no local, não entrando nas "estatisticas oficiais" as feridas que morrem mais tarde. O mesmo ocorre com as vitimas fatais de acidentes de transito: só são contadas (e mesmo assim nem se pode confiar muito) as vitimas que morrem no local do acidente.